top of page
  • CIEC

Manutenção: Em Busca da Excelência Mundial

Atualizado: 16 de jul. de 2019



Com o avanço da globalização, a concorrência tem assumido uma postura cada vez

mais agressiva, levando as empresas a buscarem novas ideias para enfrentarem

com sucesso as diversas e cada vez mais frequentes mudanças, nas tendências do

mercado. O aumento da competitividade levou o segmento industrial a buscar por

inovações tecnológicas através de novas técnicas gerenciais e metodológicas com o

intuito de obter vantagens competitivas, que vão da redução do tempo e dos custos

relativos de produção, ao aumento da produtividade e da qualidade do produto.


Com isso as empresas têm se organizado para lidar com a inovação, sem deixar de

lado a o objetivo de produzir em grande escala, com custos reduzidos e com alta

qualidade. Em decorrência desse cenário, grandes transformações de impacto

mundial nos métodos de produção têm ocorrido. De acordo com TIGRE (2006: VII),

“a inovação tecnológica constitui uma ferramenta essencial para aumentar a

produtividade e a competitividade das organizações, assim como para impulsionar o

desenvolvimento econômico de regiões e países.”


Cada vez mais o desenvolvimento estratégico através da inovação tem se mostrado

eficiente e rápido às exigências do mercado. Com isso as empresas têm utilizado da

inovação tecnológica como diferencial para manter uma produção em larga escala,

com redução de custos e aumento da qualidade.


O objetivo do trabalho é apresentar as vantagens da implantação da metodologia do

World Class Manufacturing – Pilar Manutenção Profissional, que consiste em um

sistema de gestão integrado de otimização dos processos e redução de custos para

níveis de classe mundial e realizar um estudo de caso em uma empresa em que

este sistema é utilizado, desenvolvendo e aplicando as ferramentas metodológicas e

utilizando de novas tecnologias para atingir o resultado esperado.


Leia o artigo completo em: https://drive.google.com/open?id=1nVEAgzxXTb1WB7mldj_m51ULiOQYxLJn

9 visualizações0 comentário
bottom of page